Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Sobre o Namoro Cristão - Parte 3




“(...) Façamos aqui uma advertência: em geral, a mulher “espera” o noivo e não sai para “buscá-lo” e há quem espera por muitos anos, como as “senhoritas” de oitenta e poucos…

Algumas jovens têm verdadeira fobia de permanecerem solteiras. O conselho é não desesperar, não cair em inquietudes excessivas, nem angústias.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Do temor de Deus e do arrependimento que devemos ter por tê-lO ofendido.






"A dor da alma, porém, deve ter dois companheiros para que a purifiquem e aplaquem a Deus, a saber: o temor do juízo divino e o ardor do inteiro desejo, afim de que recuperes pelo temor um coração humilde, pelo desejo um coração devoto e pela contrição um coração ilibado.

Teme, pois, os juízos divinos que são um abismo profundo.

sábado, 14 de janeiro de 2017

ESCLARECENDO DÚVIDAS E RESPONDENDO PERGUNTAS SOBRE NAMORO CATÓLICO - PARTE 2







FALEMOS ALGO SOBRE O BEIJO

Entre as perguntas comuns que dirigem a um diretor espiritual, certas almas de consciência delicada e viva, está a seguinte: - É pecado beijar?...

Escute bem querida alma, podemos bem adiantar um princípio geral: quando a consciência põe um ato em dúvida, aquele ato não será uma coisa direita e boa. 

A dúvida e a inquietude que acompanham o beijo dos namorados é uma prova clara de que aquele ato é pecado.

Os namorados que fazem esta pergunta para saberem se o beijo é pecado ou não, nunca fizeram tal pergunta quando foram beijados por seus pais. E por que? - A resposta é que este beijo sai de um afeto puro, e aquele originado pela paixão, a malícia e a dúvida, logo não deixa de ser pecado...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

AS VIRTUDES DE NOSSA SENHORA - Parte 2










I.                 HUMILDADE DE MARIA
Parte 2




(...)

4. É próprio do humilde prestar serviços.


Maria não se negou a servir Isabel durante três meses. Escreve S. Bernardo: “Admirou-se Isabel da vinda de Maria, porém mais admirável ainda era o motivo de sua vinda: vinha para servir e não para ser servida.”

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Sobre o Namoro Cristão - Parte 2





As Duas Faces do Namoro


Pode-se considerar o namoro em duas faces: o primeiro é bom e inspirado por Deus, e que eleva o coração além da aparência cingindo os pensamentos para preparar os cônjuges à responsabilidade do futuro e a cumprir o Sacramento do Matrimônio.

Quanto ao outro é um namoro ilícito e arte diabólica, inventada pelo Inimigo do bem humano para baixar o coração à matéria e ao prazer, dirigindo o pensamento à sensualidade e acabando pelo fracasso da vida.

SALVE RAINHA!

SALVE RAINHA!
Mãe da Misericórdia...