Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de abril de 2017

"Nada há de mais frio do que um cristão despreocupado da salvação alheia."







"Nada há de mais frio do que um cristão despreocupado da salvação alheia. 

Não podes aduzir como pretexto a tua pobreza econômica; acusar-te-á a velhinha que deu as suas moedas no Templo.  O próprio Pedro disse: 'Não tenho ouro nem prata' (At 3,6). E Paulo era tão pobre que muitas vezes passava fome e não tinha o necessário para viver. 

Não podes pretex­tar a tua origem humilde; eles também eram pessoas humildes, de condi­ção modesta. Nem a ignorância te servirá de desculpa; todos eles eram ho­mens sem letras. 

Sejas escravo ou fugitivo, podes cumprir o que depende de ti; assim foi Onósimo, e vê qual foi a sua vocação... 

Não invoques a do­ença como pretexto, pois Timóteo estava submetido a frequentes indispo­sições. [...] Não há maneira de negar as propriedades das coisas naturais; o mesmo acontece com isto que agora afirmamos, pois está na natureza do cristão agir dessa forma [...]. 

É mais fácil o sol deixar de iluminar ou de aquecer do que um cristão deixar de dar luz; mais fácil do que isso seria que a luz fosse trevas. 

Não digas que é impossível; impossível é o contrário [...]. Se orientarmos bem a nossa conduta, o resto sairá como consequência natural.  Não se pode ocultar a luz dos cristãos, não se pode ocultar uma lâmpada que brilha tanto.[...]

Não digas; não posso ajudá-los, porque, se és cristão de verdade, é impossível que não o possas fazer[...].

Cada um pode ser útil ao seu próximo, se quiser fazer o que está ao seu alcance".



(S. João Crisóstomo, Homilia sobre os Atos dos Apóstolos 20).



quinta-feira, 20 de abril de 2017

Sobre a virtude da Pureza





A castidade é uma perfeição da nossa alma pela qual conseguimos viver segundo a pureza do nosso estado de vida, da nossa condição

Como sabemos que o homem só pode se unir à uma mulher se receber o sacramento do Matrimônio, a virtude da castidade nos obriga a fugir de tudo aquilo que poderia nos levar aos atos reservados às pessoas casadas. O que são estas coisas? 
  • As más companhias, 
  • as conversas imorais, 
  • as roupas indecentes, 
  • os namoros precoces e ousados, 
  • os filmes, revistas, novelas etc. que ensinam e mostram a impureza etc.


Devemos ter um grande amor pela pureza e nunca violá-la. 

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Que pode perturbar o santo?





"Que pode perturbar o santo? 

A morte? Nao, porque a deseja como prêmio. 

As injurias? Não, porque Cristo ensinou a sofrê-las: 'Bem-aventu­rados sereis quando vos injuriarem e vos perseguirem' (Mt 5,11).

domingo, 16 de abril de 2017

Feliz Páscoa!

Resurrexit sicut dixit, Alleluia!





Madrugaram as Marias, e mui de manhã chegaram ao sepulcro e diziam: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro? Que era esta mui grande e a custo a moveriam várias pessoas.


Menor fora e menos ardente o amor das santas mulheres ao divino Mestre seu e nosso, esmoreceriam com essa dificuldade; nada, porém, é impossível para quem ama deveras ao Senhor; sabe que são infinitos os recursos da sua Providência, e com eles acode à nossa confiança.


À alma covarde e tíbia basta qualquer dificuldade para detê-la no caminho da virtude: a todas vence a alma fervorosa, com a graça do Onipotente, que aplaina os obstáculos diante dos que os afrontam destemidamente.


****

Ressuscitou, já não está aqui. Quisera digam os Anhos a quem me procurar entre os pecadores depois desta gloriosa Páscoa: já não está aqui, ressuscitou!


Excerto do Goffiné, pág. 503/504





***


Desejamos a todos uma Santa Páscoa!!! Com firme propósito de emenda e santificação, Fé viva, Esperança firme, Caridade ardente e Confiança plena em Deus.

Viva Cristo Rei!

  




 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

"Sêde perfeitos como vosso Pai celeste” (Mat. 5,48)









Quão puro, inocente, santo deve ser o cristão com tal modelo! Imitemos a brandura e a clemência de Deus, perdoemos a nossos irmãos como nos perdoou  a nós.

Sejam nossos atos e ditos, nossos modos e costumes, repassados de amor, e assim provaremos que amamos a Cristo, bem como nos provou Ele seu amor com sua vida e morte.

Resurrexit, sicut dixit, Alleluia!

Resurrexit, sicut dixit, Alleluia!