Pesquisar este blog

sábado, 7 de janeiro de 2017

ESCLARECENDO DÚVIDAS E RESPONDENDO PERGUNTAS SOBRE NAMORO CATÓLICO - PARTE 1






REGRAS MUITO RÍGIDAS DISSE ALGUÉM!

Alguns rapazes ou moças hão de dizer entre si: - As regras do namoro, segundo o autor deste opúsculo são muito rígidas. Quem poderá suportá-las?... Um rapaz, parece, não poderá mais manter uma amizade nem companhia com uma moça, nem esta com o rapaz.

O esclarecimento é o seguinte: - Amizade e companhia ninguém as poderá proibir, porque são atos sociais muito necessários... Uma moça poderá ter amizade com todos os rapazes do bairro ou da cidade. Seria uma moça social e simpática. Um rapaz poderá fazer o mesmo... Esta amizade será ainda meritória, quando a moça e o rapaz se reúnem para tratar assuntos de estudo, quando são estudantes, ou questões sociais e de caridade quando formam parte destas associações, podendo também assistir a festas e reuniões de elevado conceito, etc, etc,... Porém, nunca e jamais com o intuito de namoro, antes de cumprirem as condições prescritas no opúsculo.




PERGUNTA ALGUÉM: POR QUE CONDENAR ASSIM O NAMORO E APROVAR A AMIZADE?

A nossa resposta é a seguinte: - O namoro diante da Sociedade, forma um conceito de certo compromisso moral, que prende os dois jovens e não admite que esses comprometidos possam ainda namorar outros. Acontece, que, desmanchado aquele namoro por qualquer motivo, como vemos frequentemente, ficam os jovens desprestigiados e prejudicados diante da Sociedade, porque, ninguém já poderá tomar a sério outro namoro com um destes jovens. Realiza-se assim o provérbio Oriental que diz: 'Caça deixado pelo caçador não presta'. E quantas moças e rapazes são solteiros por causa do seu namoro prolongado e desmanchado.

Quanto, porém, à amizade, permitirá sempre uma liberdade maior na escolha, porque não está presa por compromisso algum, e assim, com o tempo, o amor se esclarece e se fomenta, e a moça terminará escolhendo o rapaz digno dela, e o rapaz, escolhendo também a moça que o merece.




É PECADO NAMORAR?

- Com muita frequência, nos vêm perguntar, mesmo entre crianças: É pecado namorar? -Vamos responder: - Namorar segundo as condições prescritas neste opúsculo, por exemplo, na idade e nas condições adequadas com consentimento dos pais ou responsáveis e sem nenhuma intimidade, então o namoro não tem inconveniente, ao contrário, é uma nobre missão diante de Deus e da Sociedade.

Mas o namoro materializado e livre, é um pecado grave e mortal, que será punido com a desgraça da vida, e o castigo eterno do Inferno.

Esclareço mais: - Este pecado e este castigo aumentam mais, tantas quantas forem as vezes e repetições, sendo mais graves ainda os prolongamentos dos abusos do namoro.

Digo ainda: Estes pecados e os castigos de Deus, recaem, também, sobre os pais ou responsáveis que descuidam de vigiar seus filhos, e permitem esses namoros antes do tempo e sem as condições necessárias.


Excerto do livro "O Namoro!!! Grito de  Alarme"
Pe. Elias Maria Gorayeb






 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

2 comentários:

  1. Olá,
    Salve Maria.

    Dou uma sugestão ao blogger: seria bem útil ter uma ligação para a parte 2. E desde já agradeço a publicação deste artigo.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Este blog é eminentemente de caráter religioso e comentários que ofendam os princípios da fé católica não serão admitidos. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se garantem o direito de censurar.