Assine para receber os posts em sua caixa de e-mails

INFORME SEU E-MAIL AQUI:

Delivered by FeedBurner

Pesquisar este blog

terça-feira, 6 de junho de 2017

Como é um namoro cristão?


Como, então, deve-se namorar?


Sendo o namoro o encontro de dois templos sagrados que desejam conhecer-se e amar-se interiormente, os namorados deveriam agir a semelhança de um rito litúrgico:

1- Rezar antes e depois do namoro;

2- Namorar apenas em lugar visível, para evitar ocasiões de pecar. Nada há para esconder.

3- Durante o namoro evitar ir além de conversar e dar as mãos.

4- Ter sempre em mente: “Eu estou diante de um templo sagrado. Ai de mim se eu profanar este templo até por um pensamento!”

5- Depois do namoro convém fazer um exame de consciência: “Estou agora amando a Deus mais do que antes?”


E se o outro não aceitar namorar cristãmente?



É preciso renunciar ao namorado (à namorada): “Aquele que ama pai ou mãe mais do que a mim não é digno de mim” (Mt 10, 37). 

O que poderíamos acrescentar: “Aquele que ama o namorado ou a namorada mais do que a mim não é digno de mim”

Para conservar a graça que Jesus Cristo nos conquistou a preço do seu Sangue, devemos renunciar à própria vida, e com maior razão ao namorado (à namorada)."



Excerto to texto "Namoro" do Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz




 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é eminentemente de caráter religioso e comentários que ofendam os princípios da fé católica não serão admitidos. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se garantem o direito de censurar.